Consócio de Culturas

O que é?

O consorcio de culturas é uma prática que visa lucrar mais com menos espaço, ou seja, melhor utilizar o espaço disponível para cultivo na propriedade, além de contribuir para a conservação do solo e reduzir a incidência de pragas e doenças.

Onde é usado?

O consórcio pode ser utilizado em qualquer tipo de cultura, desde que uma não prejudique o desenvolvimento da outra. Geralmente é utilizado em pequenas plantações, pois os tratos culturais adotados em uma cultura podem ser diferentes aos adotados na outra, portanto, o consórcio torna-se inviável para grandes áreas, pois não seria possível fazer esse manejo diferenciado com as culturas juntas.

Quanto custa?

Essa prática não possui custo alto de implantação, uma vez que é adotada para gerar lucros. Podemos dizer que ela evita gastos, pois uma máquina que iria plantar duas áreas em separado, nesse sistema irá plantar apenas uma ou um sistema de irrigação que teria que ser movido de uma área pra outra ou mesmo ampliado, agora irá atender duas culturas em uma mesma área.

Quais culturas aceitam consórcio?

Em geral, todas as culturas podem aceitar consórcio, desde que o mesmo seja bem planejado. Não é possível consorciar, por exemplo, uma plantação de coco com uma de laranja, pois as duas culturas são perenes e uma iria atrapalhar o desenvolvimento da outra, por outro lado, podemos consorciar qualquer uma dessas culturas com feijão ou milho, pois essas são anuais, ou seja, o seu período de permanência no local é curto, não prejudicando o ciclo da outra.

Fatores a se considerar

Para adotar o consócio de culturas em uma determinada propriedade ou área, alguns fatores devem ser levados em consideração para que o sucesso seja alcançado:

- O espaçamento entre plantas e linhas de plantio deve ser respeitado;

- O consórcio deve ser feito no meio das linhas de plantio da cultura perene;

- Caso for fazer o preparo da terra com máquinas, nunca passe o arado ou grade muito perto das plantas que já estão no local, mantenha-se a uma distância mínima de 1 metro, para evitar danos ao sistema radicular das plantas;

- Caso a cultura a ser consorciada seja cultivada em covas, todo o espaço poderá ser aproveitado, tomando sempre o cuidado de não danificar o sistema radicular das plantas ali presentes;

- Não retire da área os restos culturais, deixe-os lá, pois se tornarão adubo para o solo depois de decompostos;

- Jamais coloque fogo nos restos culturais, pois você estará “queimando dinheiro”, jogando fora uma fonte natural de recarga dos nutrientes da terra.

Dicas para fazer um consórcio

- Escolha uma área a ser cultivada;

- O consócio pode ser feito apenas com culturas anuais (milho, feijão, soja, etc.) ou com culturas anuais e perenes (laranja, limão, coco, goiaba, etc.), caso for utilizar uma cultura perene, faça um estudo prévio da mesma para saber se ela se desenvolverá bem na sua propriedade;

- A cultura perene deve ser plantada primeiro. Depois de ela ter se estabilizado na área (cerca de 3 meses depois do plantio, varia de espécie para espécie), planta-se a segunda cultura;

- Pode-se utilizar mais de duas culturas em um consórcio, desde que haja um planejamento do espaço ocupado por cada uma;

- Atualmente os sistemas de irrigação utilizados em consórcios são gotejamento e micro aspersão, sendo o segundo o mais recomendado por atender a uma quantidade maior de culturas. A vantagem da micro aspersão é que as gotículas de água são bem pequenas, não causando o tombamento das plantes ou queda das flores.

- É preciso saber qual o ritmo de crescimento de cada cultura, por exemplo, no consócio de milho e feijão, o milho deve ser plantado primeiro e o feijão só deve ser plantado quando o milho apresentar uma altura média de 20 cm, pois o feijoeiro possui um crescimento mais rápido. Caso as duas culturas fossem plantadas juntas, o feijão iria sobrepor o milho e sufocá-lo.

- Caso for fazer consórcio com mais de duas culturas, intercale as linhas de plantio, é uma forma de organizar o espaço;

- Na hora da colheita, cuidado para não prejudicar a cultura que ficará na área por mais algum tempo, principalmente

se ela estiver florada.

- O consórcio também pode ser feito com olerícolas.

Cuidados

Antes de fazer qualquer tipo de plantio, faça uma análise do solo da área, com isso você terá mais chances de obter sucesso na sua plantação.

Sempre que possível, visite páginas na internet que te forneçam informações sobre a cultura a ser cultivada ou procure a assistência de um Técnico Agrícola.

Evite ao máximo utilizar defensivos agrícolas industrializados, procure utilizar produtos orgânicos, viva com saúde.Neste blog você pode encontrar receitas de como fazer inseticidas e fungicidas orgânicos, não é caro e pode ser feito em casa.

About these ads

12 Comentários (+adicionar seu?)

  1. NIVALDO GOMES
    ago 27, 2010 @ 15:09:31

    nao entendo disso mas gostei do seu blog muito bem explicativo parabens belissimo trabalho.

    que o senhor te abençoe

    Responder

  2. Bruno Costa
    ago 27, 2010 @ 18:18:48

    As informações são valiosas. Espero que facilite o trabalho e gere lucro para os pequenos produtores, e não seja tomado pelas as grandes empresas explorarem mais.
    Abraço

    Responder

  3. Mumu
    ago 27, 2010 @ 19:14:08

    Muito bom o blog, cara! Apesar de não saber absolutamente nada do assunto, mas bem esclarecedor.

    http://www.escritasdiretas.blogspot.com

    abraço!

    Responder

  4. Nicelle Almeida
    ago 27, 2010 @ 20:03:49

    Eu gosto de vir aqui porque sempre aprendo alguma coisa =)
    Muito boa a informação e ajuda bastante quem vive dessa área.
    Um forte abraço e se puder, vai no meu tb, está atualizado =)
    Sucesso na trilha ;)
    http://www.nicellealmeida.blogspot.com

    Responder

  5. willians
    ago 27, 2010 @ 20:55:16

    muito bacana isso né, aki na minha reggião temos boas experiencias nesse sentid

    Responder

  6. italo richard
    ago 27, 2010 @ 21:28:54

    Para quem gosta ou se interessa pelo assunto seu blog é muito bom e informativo. parabéns, um blog com uma proposta diferente.

    http://www.todososouvidos.blogspot.com

    Responder

  7. Hander Pereira
    fev 27, 2012 @ 14:11:31

    Achei interessante o seu blog e essas informações sobre consorcio. Estou desenvolvendo um trabalho sobre consorcio de culturas. Gostaria de saber se tem algumas características relevantes entre as culturas para que o consorcio seja possível, se sim, quais são essas características?

    Responder

    • inforagro
      mar 15, 2012 @ 12:38:54

      Bom dia Hander,
      alguns fatores que você deve levar em consideração são:
      -Se uma cultura não irá sombrear a outra em um período não planejado;
      -Se um não irá atrapalhar, de qualquer forma, o desenvolvimento do outro;
      -Planejar a época de entrada e de saída de cada cultura, uma vez que você poderá utilizar a área por mais de um ano com consórcio.
      Por alto é isso ai amigo!

      Responder

  8. Horta Biológica
    dez 24, 2012 @ 03:15:51

    Tabela de consorciaçao de culturas disponível em: http://www.hortabiologica.com/2012/12/consociacao-culturas/

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Postagens do Blog

agosto 2010
D S T Q Q S S
    set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Mais Avaliados

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 107 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: