Métodos de Conservação do Solo – Terraçeamento

O Terraçeamento é uma prática de conservação do solo. Feito em curvas de nível, tem a finalidade de conter a força das águas da chuva e evitar a formação de erosões no terreno, além de evitar o assoreamento de rios e a perda da camada fértil do solo. É uma prática adotada em áreas com até 20% de declividade, por serem susceptíveis às erosões.

A distância entre um terraço e outro varia de acordo com a gravidade do declive, por exemplo, quanto mais íngreme for o terreno, mais próximos um da outro vão ser. Recomenda-se o auxílio de um Técnico Agrícola ou Agrônomo para fazer as marcações das curvas de nível do terreno, para que os terraços possam ser feitos.

O instrumento utilizado para fazer as medições é o teodolito, ferramenta topográfica que mede distâncias, níveis, desníveis, áreas, etc. Depois de marcadas as curvas de nível na área, os terraços são feitos com auxílio de um trator.

Além de fazer os terraços, outra prática adotada pelos produtores é o plantio em nível, onde a linha de plantio da cultura segue a linha da curva de nível, isso aumenta ainda mais a eficácia da prática.

A associação dos terraços com barragens de contenção é outra opção que pode ser utilizada. Esse método é mais usado em áreas de terra argilosa, pois esta demora mais para infiltrar a água e as curvas podem não suportar o volume e romper. A água que cai nas curvas é jogada em pequenas barragens de contenção, ali a água fica acumulada até que infiltre por completo no solo. Esse método, além de evitar erosões e perdas de nutrientes, recarrega o lençol freático e dependendo do caso, pode ser consorciado com piscicultura.

Os terraços não impedem sozinhos os danos causados ao solo pela água da chuva, por isso, a associação desta prática com outras práticas de conservação do solo são muito aconselhadas. A cobertura morta é uma das mais recomendadas para complementar os terraços.

Veja também: Rotação de Culturas

About these ads

6 Comentários (+adicionar seu?)

  1. andressa
    abr 18, 2011 @ 21:54:19

    que legal

    Resposta

  2. Luís Otávio
    out 06, 2011 @ 13:08:06

    bom texto, só para corrigir: os terraços são construidos em areas de no maximo 20% de declividade, isso quando as condições de permeabilidade são consideradas ótimas.

    Resposta

  3. Luiz
    mai 07, 2013 @ 14:44:58

    Esse percentual de declividade é questionável… Na cordilheira dos Andes, a declividade é muito maior e são utilizados terraços para plantações… Gostaria de informações sobre paredes de contenção utilizadas em terraçeamento… alguem poderia me indicar?

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Postagens do Blog

setembro 2010
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Mais Avaliados

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 120 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: