Adubação de Cobertura

Olá amigos, neste post irei falar um pouco sobre adubação de cobertura, porque fazê-la, qual a importância e como fazê-la.

Em primeiro lugar, toda adubação deve ser feita com base em análise de solo. Através da análise saberemos qual o pH da terra a ser adubada, quais os macro e micro nutrientes presentes e suas relativas quantidades, o tipo de solo, etc.

No Blog existe um post com um passo a passo de como fazer uma análise de solo e algumas informações complementares que poderão ser úteis.

Você pode estar se perguntando, e se a área for muito pequena, é viável fazer análise de solo? Nestes casos a análise de solo se torna inviável pelo fato de a porção de terra trabalhada ser muito pequena. Em casos como esse, utilizamos uma quantidade pré-definia de adubo com base no tipo de terra e cultura a ser cultivada. Essa quantidade de adubo variar de caso pra caso.

-Por que fazer?

A adubação de cobertura serve como um reforço para a adubação de plantio. Ela age suprindo as reservas do solo que já foram consumidas pelas plantas;

Auxilia na formação, floração e frutificação das plantas;

Ajuda a garantir o sucesso da lavoura desde que as exigências básicas da planta (água, luz, solo, clima) sejam atendidas;

Contribui com o aumento da capacidade de defesa da planta contra doenças e pragas;

-Qual a importância?

A adubação de cobertura é opcional, todo o adubo pode ser depositado no solo no ato do plantio, no entanto, é uma prática que mostra bons resultados e que é adotada nas mais variadas culturas.

Pode evitar o esperdício e consequente prejuízo caso a lavoura seja destruída por algum fenômeno natural, praga ou doença antes da adução de cobertura.

-Como fazer?

Na Fruticultura:

Na fruticultura a adubação de cobertura pode ser feita em meia lua, lua cheia ou superficial.

. Meia lua: Um pequeno sulco é aberto em metade do perímetro da copa da planta, sem atingir as raízes e do lado de cima da planta, caso o terreno seja acidentado. O sulco deve ser aberto entre a segunda e a terceira parte da copa da frutífera, tendendo para a extremidade da copa, local onde se concentram as raízes responsáveis pela absorção dos nutrientes.

O adubo deve ser depositado dentro do sulco e enterrado, molhando-se o local em seguida para acelerar a dissolução do adubo na terra.

. Lua cheia: A diferença entre a meia lua e lua cheia é que na lua cheia o sulco ocupa 100% do perímetro da copa da planta, ou seja, ele é feito em todo o entorno da copa.

. Superficial: Neste caso, o adubo é jogado ao redor da planta, tomando-se cuidado para não atingir o tronco e folhas. Como nos casos anteriores, o adubo deve ser depositado nos dois últimos terços da copa da árvore.

Em casos de frutíferas como parreiras que possuem copas grandes e na maioria dos casos tutoradas, a adubação de cobertura pode ser feita entre as linhas de plantio.

Culturas Anuais:

Em culturas anuais como feijão, soja e milho, a adubação de cobertura é feita com o auxílio de tratores e adubadeiras. Ele é depositado ao lado da planta, nas linhas de plantio.

Em casos de pequenos plantios, essa adubação pode ser feita manualmente, seguindo os mesmos critérios das grandes plantações.

Na Olericultura:

Por serem na sua maioria de pequeno porte e cultivadas em canteiros, a adubação de cobertura das olerícolas é feita entre as linhas de plantio do canteiro.

No caso das olerícolas cultivadas em covas, o adubo deve ser depositado ao redor da planta, entre o segundo e terceiro terços da cova.

Notas:

– Caso tenha uma frutífera no seu quintal e quer fazer uma adubação de cobertura nela, pode utilizar algumas receitas como:

10 a 15 litros de composto orgânico ou húmus de minhoca por planta ou 150 a 250g de Uréia + 100g de Cloreto de Potássio + 200 a 300g de Super Fosfato Simples (misturar todos e fazer a adubação).

Cinzas de fogão a lenha podem ser utilizadas como fonte de Potássio na adubação de cobertura, fazendo-se a mistura das cinzas com água e molhando as plantas.

11 Comentários (+adicionar seu?)

  1. aparecida santana
    out 31, 2011 @ 00:54:57

    gostaria de saber se a calda de cinzas serve para as folhas do pé de figo com ferrugem?????????????????por favor me ajudem, grato

    Responder

    • inforagro
      out 31, 2011 @ 20:54:18

      Boa tarde Aparecida,

      A calda de cinzas não irá resolver seu problema, o tratamento da ferrugem é feita com caldas a base de cobre.Faça o seguinte:
      O controle da ferrugem deve começar com os tratamentos de inverno, podando e eliminação de todos os órgãos passíveis de se constituírem em fonte de inóculo primário para a estação seguinte, inclusive as folhas caídas no chão, que devem ser queimadas.
      Na época da vegetação, desde a brotação até a maturação dos frutos, toda a folhagem, principalmente aquela em desenvolvimento, deve ser protegida com calda bordalesa a 1%, fazendo-se pulverizações quinzenais das plantas. Pode-se utilizar outros fungicidas a base de cobre insolúvel.
      A calda bordalesa é o produto mais utilizado pelos ficicultores devido ao preço e porque confere maior rigidez à casca do figo, um fator desejável para a comercialização.

      Responder

  2. lili
    maio 10, 2012 @ 21:01:19

    gostei das explicações, muita coisa eu nao sabia que existia ,tenho enteresse em saber mais…

    Responder

  3. sophia
    out 21, 2012 @ 13:59:02

    eu gostei muito espliga detalhe por detalhe

    Responder

  4. sophia
    out 21, 2012 @ 13:59:57

    eu ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

  5. rone
    fev 02, 2013 @ 17:33:24

    qual a receita da calda bordalesa para laranjeiras e limoeiros qual o adubo de cobertura.

    estou com poblema no meus pes de caju ele nao produzem mail deu uma doença nas folhas e nos brotos eles secam e morrem quando nao e o pobrema dos bezorros que comem os brotos qual o meu poblema e qual a soluçao obrigado

    Responder

  6. Fatima Wintter
    maio 06, 2014 @ 16:19:23

    Parabens pelo carinho com que nos ajuda.
    Estou com um sitio a pouco tempo.
    Plantei mais de 58 pes de frutas.
    Tem aparecido plagas,folhas amareladas,enferrujadas e enrugadas.
    Procuro ajuda aqui na cidade e vou tentando acertar.
    Agora conhecendo voces,seique sera mais facil.
    Obrigada e ate mais. !

    Responder

  7. Lourival do SESP
    jun 16, 2015 @ 02:17:54

    Plantei 1200 pés de laranja cravo santa cruz. Hoje faz 01 ano. Sei que NPK ( nitrogênio, fósforo e potássio) na proporção 10-15-10 forma um ótimo adubo para laranjeira em formação. Visto que o N quando aplicado em excesso pode queimar as raízes da planta, preciso saber qual a quantidade máxima de ureia encapsulada, em gramas, que se pode colocar por pé de laranjeira de 01 ano?

    Responder

  8. Arthur Lisboa
    out 31, 2015 @ 14:35:25

    ótimo
    Muito bom adorei, muita informação

    Arthur

    Responder

  9. kalindy Maressa
    abr 05, 2016 @ 18:02:45

    Oi tudo bem? Quero usar suas informações na minha tese de mestrado, gostaria se possível do nome do autor. Obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s

Postagens do Blog

janeiro 2011
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Mais Avaliados

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 230 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: